• Gastronomia
  • Raw Burger N Bar – hamburgueria veggie em SP

    Olá!

    Hoje acordei morrendo de vontade de um hambúrguer e vim falar para vocês a respeito de um dos meus lugarzinhos favoritos de São Paulo: o Raw Burger N Bar.

    O Raw já se tinha se tornado uma hamburgueria muito adorada na Vila Madalena e por conta do sucesso do seu lanche veggie resolveram abrir uma outra unidade na Rua Augusta, sendo essa dedicada apenas a um cardápio todo vegetariano. Uma portinha pequena leva ao restaurante no fim do corredor, o ambiente é pequenininho mas super moderno e bem decorado, e conta com diversas mesas ao ar livre – perfeito para aproveitar uma tarde ensolarada em São Paulo. Por conta do espaço aberto a hamburgueria ainda é pet friendly: seu cachorrinho é muito bem vindo para ir almoçar com você, e ainda receber carinho de todo mundo em volta!

    “Minha ideia de dieta balanceada é um hambúrguer em cada mão”

    “Gin & tônica é mais barato que terapia” & “A vida é curta demais para comer veggie burgers ruins” ♥

    A proposta da casa é mostrar que é sim possível fazer um hambúrguer vegetariano tão bom quanto os lanches que levam carne e bacon. O cardápio foca em ingredientes à base de plantas, mas fugindo do tradicional hambúrguer de soja que muita gente torce o nariz. O preço dos lanches varia entre R$ 25 e R$ 35 reais, e levam ingredientes como cogumelos, grão de bico, beterraba, abóbora, beringela e biomassa de banana. Tudo muito artesanal e fora do convencional, as combinações são realmente muito criativas e diferentes, mas muito harmoniosas.

    Já o cardápio de entradas conta com as batatas fritas rústicas que são maravilhosas, e uma variedade de outras porções também com ingredientes à base de plantas e vegetais. Tapioca, beringela, abobrinha, espinafre, ricota e quiabo são alguns dos itens que formam os pratos. Por mais que eu ame os lanches, confesso que para mim o que conquistou realmente foram (além da gin tônica) as entradas. As batatas raw são muito crocantes e a maionese de limão siciliano é algo de outro mundo! Ainda não experimentei as zucchini fries nem as popeye’s “no meat” balls, mas definitivamente preciso voltar lá para fazer uma degustação de aperitivos – preciso comer todos!

    batata raw, maionese de limão siciliano e berry GT

    Mushies & Bushies (R$ 29)

    Pão de cerveja stout, burger de cogumelos e batata, cogumelos tostados, mussarela, broto de alfafa e maionese de limão siciliano. O Mushies & Bushies foi o primeiro hambúrguer que experimentamos lá, e fiquei muito surpresa com o sabor dele! É super diferente e único, quem gosta de cogumelos com certeza vai adorar. É muito bem temperado e o queijo é uma delícia. Ele é bem grande e meu único ponto negativo é que achei um pouco pesado, mas uma boa ideia é dividir com alguém (pra caber mais entradinhas, né?)

    Cheddar Veggie Melt (R$ 25)

    Pão australiano, burger de soja com cevada, cheddar inglês, cebola caramelizada, picles de pepinos e maionese de tabasco. O Cheddar Veggie Melt é um hambúrguer mais tradicional, achei mais parecido com os lanches que vão carne mesmo. O tamanho é menor que o Mushies & Bushies e também achei gostoso, mas definitivamente prefiro o de cogumelos.

    Ainda quero muito experimentar o Quinoa Cowboy que leva o pão de beterraba e o Smashing Pumpkins (melhor nome!) com o pão de abóbora. Ambos parecem ser uma delícia e super diferentes pelas fotos.

    “You look like I need a drink” & “All you need is love and gin”

    Preciso dizer que o bar do Raw é simplesmente dono das melhores gin tônicas que eu já experimentei na vida. O cardápio conta com mais de 25 tipos diferentes do tradicional drink, contendo versões que levam diferentes ingredientes como frutas vermelhas, baunilha, campim santo, grapefruit, limão siciliano e hibisco. Os drinks custam a partir de R$ 29.

    Essa é só a primeira página do cardápio!

    “Come hungry. Leave drunk.” – de fato!

    Experimentamos a Berry GT e a Lemongrass GT. Ambas são muito gostosas, mas a Berry é com certeza a minha favorita! Super docinha, saborosa e refrescante. É uma boa pedida para quem não curte tanto o amarguinho tradicional da gin tônica. O cardápio conta com outros sabores super exóticos, com diferentes tipos e marcas de gin.

    “Meatless burguers and fucking cold beer”

    Em resumo, o lugar já é uma delícia por conta do cardápio e de todos os pratos gostosos e diferentes, que levam um ponto mega positivo por serem todos vegetarianos. E o que completa a experiência toda é o fato de o ambiente ser tão gostosinho e bem decorado (perceberam toda a atenção nos pequenos detalhes?) e também contar com drinks deliciosos. O atendimento é muito bom e todo mundo é super educado, e de quebra você também sempre encontra cachorrinhos fofos passeando com os donos. Ingredientes para uma tarde de sábado perfeita.

    Minha companheira dos veggie burgers e gin tônicas ♥

    Cara de quem já sabia que ia ficar chateada quando o drink acabasse

    Espero que tenham gostado do post e da dica de restaurante! Pretendo fazer mais posts assim com dicas de lugares que gosto bastante em São Paulo. Me contem nos comentários as hamburguerias e restaurantes veganos e vegetarianos de vocês!

    Veggie Raw Burger N Bar

    Rua Augusta, 2052

    Cardápio: http://www.rawburger.com.br/static/files/menu-veggie.pdf

    Site oficial: http://www.rawburger.com.br/

    Instagram: https://www.instagram.com/raw.burger/

    Beijos,

  • Beleza
  • Curso de autopenteado – Escola Madre

    Olá!

    Quem me acompanha nas redes sociais com certeza já me viu reclamando algumas (ou muitas) vezes a respeito de não conseguir fazer nada diferente no meu cabelo. Sempre gostei muito de conseguir me virar sozinha em tudo relacionado à estética, mas por ter o cabelo muito fino e liso nunca consegui ter muito resultado nos penteados. Sabendo desse drama na minha vida, a Escola Madre me convidou para ir fazer uma aula de autopenteado com a Camila Irala e vim contar para vocês como foi essa experiência ♥

    Conheço a Camila e acompanho o trabalho dela há muitos anos, praticamente desde o início da carreira dela há mais de uma década atrás. Ela trabalha como make-up artist e hair stylist e já participou de diversos editoriais, desfiles e propagandas, além de já ter mostrado seu trabalho em inúmeras revistas, programas de TV e outros canais de comunicação. Em 2010 começou a dar aulas de cabelo e maquiagem e há vários anos trabalha com a Madre, formando diversas turmas em cursos profissionalizantes e também oferecendo aulas particulares.

    Primeiro o look, né? haha o vestido é da Kill Star, a bolsa da Sourpuss Clothing e as botas são da Zattini.

    A Madre fica na Av. Pacaembu, próxima ao bairro Perdizes em São Paulo, e é um espaço maravilhoso. Super amplo, aconchegante e bem decorado, conta com diversas salas muito espaçosas e ainda tem uma área externa muito gostosa, onde frequentemente são realizados eventos e workshops para a Sephora e várias marcas como Nars, Make Up Forever, Smashbox, Shiseido, Lancôme e Clinique.

    Olhem essa decoração maravilhosa!

    Melhor lugar para selfies sim ou com certeza? hahaha

    O curso de autopenteado é individual e dura cerca de três horas, é feito com horário marcado e você pode agendar de segunda a sábado. A Camila me contou que a aula serve não apenas para ensinar novos penteados e técnicas para as alunas mas também para, caso você já tenha se aventurado sozinha, entender o que pode ser aprimorado e consertado. Eu por exemplo sou apaixonada por penteados vintage e já havia passado horas e horas assistindo tutoriais no Youtube, mas tinha muita dificuldade em conseguir fazer sozinha pois esse tipo de penteado costuma ser bastante estruturado, com muito volume e formas bem definidas (quase o oposto dos penteados que estão na moda hoje em dia, tudo muito soltinho e bagunçadinho, né?) O meu cabelo é bem fino, liso e quase sem volume, o que dificulta muito para conseguir fazer qualquer coisa nesse estilo. Então o que a Camila fez foi me dar uma aula baseada no meu cabelo, me mostrando produtos que me ajudariam a adicionar textura e estrutura aos meus fios, explicando o uso de materiais e ferramentas que me ajudariam a trabalhar melhor, enfim, uma conversa totalmente personalizada e direcionada às minhas necessidades.

    Antes da aula eu separei e mostrei pra Camila alguns penteados que amo e gostaria de aprender a fazer e entender mais a respeito – isso que é o incrível da aula, além de conhecer melhor o seu cabelo você também aprende algo totalmente direcionado ao seu gosto e escolhido por você. Primeiro ela me mostrou um exemplo no manequim, de um penteado com ondas vintage super volumosas e bem definidas. Olhem só esse antes e depois!

    Qualquer semelhança não é mera coincidência ♥ hahaha

    Depois ela me mostrou como fazer os victory rolls, que eram meu maior objetivo nessa aula. Mostrou a técnica tanto no cabelo dela quanto no meu, e fizemos alguns exemplos diferentes – para quem não conhece os victory rolls são muito versáteis e podem ser feitos de vários jeitos diferentes, mas o meu sonho mesmo era aprender a fazer aqueles bem grandões e volumosos. Para isso ela me ensinou como preparar o meu cabelo antes do penteado, com dicas de produtos que me ajudariam em todo o processo, explicando como secar do jeito certo, como cachear, enfim, todo o passo a passo mesmo. Depois eu mesma fiz tudo sozinha no meu cabelo com a supervisão dela, e para a minha felicidade deu muito certo! Vocês não têm ideia do quanto isso me deixou realizada haha é muito incrível finalmente conseguir fazer algo que você já vinha tentando sem sucesso há tanto tempo.

    Porém nós sabemos que esse tipo de coisa requer muita prática para realmente ter resultado, e a prova de fogo seria descobrir se eu realmente conseguiria aprender a fazer em casa sozinha e sem supervisão, né? haha na mesma semana eu tinha um casamento e já me arrisquei a fazer de novo o penteado, seguindo direitinho todas as dicas que a Camila me passou, e para a minha surpresa consegui fazer melhor ainda do que durante a aula. Não só deu super certo mas também durou a noite toda por duas festas, e ainda sobreviveu intacto a uma noite de sono bem desajeitada haha

    Fiz um pouquinho diferente da aula, com os rolinhos mais próximos e unidos, e também prendi uma quantidade maior do cabelo, deixando só uma parte solta que cacheei. Estou super ansiosa para testar outras possibilidades e estilos, agora que entendi melhor como funciona todo o processo para o meu cabelo.

    Foto mais lindinha da vida ♥

    Por mais que seja maravilhoso que hoje em dia tenham tantos blogs e canais no Youtube com tutoriais de cabelo e maquiagem, nada se compara a ter uma aula totalmente personalizada, com um profissional orientando todos os procedimentos com dicas especialmente para você, baseadas no seu tipo de cabelo, pele e experiências, e te dando um feedback instantâneo. Para mim essa aula sinceramente fez toda a diferença mesmo,o resultado foi instantâneo e super gratificante. Recomendo muito para quem, assim como eu, tem vontade de aprender a se virar sozinha faça o curso e aproveite essa oportunidade incrível de aprendizado.

    Além do curso de autopenteado, a Escola Madre ainda oferece diversos cursos profissionalizantes e também várias outras aulas individuais. Agradeço muito à equipe da Escola pelo convite e pela recepção e à Camila por tudo – além de incrivelmente talentosa ela é super querida e divertida espero que vocês tenham gostado do post e da dica de hoje!

     

    Links:

    Mais infos sobre o curso de autopenteado: http://escolamadre.com/blog/autopenteado

    Site oficial Escola Madre: http://escolamadre.com/

    Instagram Escola Madre: https://www.instagram.com/escolamadre/

    Canal no Youtube da Camila: https://www.youtube.com/user/supervixen456/videos

    Instagram Camila Irala: https://www.instagram.com/camilairalamua/

     

    Beijos,

  • Beleza
  • Dia de los Muertos – com El Jimador e Catharine Hill

    Feliz Dia de los Muertos!

    O dia 2 de novembro é conhecido aqui no Brasil como Dia de Finados, um feriado em que muitas pessoas aproveitam para relembrar amigos e familiares queridos que já faleceram e prestar suas homenagens. Para nós é um dia um pouco triste, porém em alguns outros países da América Central como o México, a data é muito alegre e festiva: o Dia de los Muertos.

    É um dia de festa para celebrar a vida e as memórias dos entes queridos de forma muito animada e divertida, com muita fartura e com as famosas pinturas de calaveras: La Catrina, tradicional caveira mexicana, é o maior símbolo desse evento. Pensando nessa festa a Catharine Hill fez uma ação com a El Jimador e criou um press kit muito legal que inclui diversas maquiagens da marca para criarmos nossa própria versão da Catrina, um par de lentes de contato da Alcon, e é claro – uma tequila!

    A Catharine Hill é uma marca brasileira voltada principalmente para produtos destinados a maquiadores e profissionais. A marca também conta com uma linha muito extensa de produtos para maquiagens artísticas para teatro e efeitos especiais, tudo de ótima qualidade. Eu já conheço a marca há muitos anos e já tive a oportunidade de testar diversos produtos, mas com certeza um dos mais conhecidos e best sellers é essa paleta de sombras:

    A paleta tem 30 cores, sendo 15 opacas e 15 cintilantes. É aquele tipo de paleta que tendo ela em mãos você não precisa de mais nenhuma, é realmente muito útil e versátil. Todas as cores são muito pigmentadas, não esfarelam e têm uma aplicação muito boa.

    Também recebi para testar algumas cores do Clown Make up, que é um produto super versátil que pode ser usado de diversas formas, mas principalmente como base para as maquiagens artísticas. Tem uma pigmentação absurda (reparem o branco que cobriu minha tatuagem só com uma camadinha fina) e são bem cremosos, o que permite que se misturem com facilidade. Para fixar o produto e dar um acabamento matte é só passar um pó translúcido por cima.

    Também me mandaram dois glitters de cores diferentes e preciso dizer que amei muito, eu já tinha outras cores de glitter da Catharine Hill e são os melhores que já usei. São bem fininhos e ambos furta cor, reluzindo em diversos tons.

    Usei os produtos que recebi para criar essa maquiagem, que foi toda feita basicamente só com os produtos da Catharine Hill: Clown Make Up nas cores branco, preto e turquesa, e as sombras da paleta nas cores lilás, turquesa, preto e um branco cintilante. Passei um pouco do glitter branco nas maçãs do rosto e na zona T. Os únicos produtos de outras marcas que usei foram um pó translúcido para fixar tudo e um delineador.

    Gosto muito de fazer esse tipo de maquiagem pois dá muita liberdade para criar e você não precisa se preocupar em fazer nada muito certinho, é quase terapêutico! hahah

    Espero que tenham gostado! Vocês podem encontrar os produtos da Catharine Hill em diversas perfumarias pelo país e também na loja online.

    Beijos,